Um jeito de (re)fazer roupas, que tal tentar?

Olá!

Tudo bem por ai? Tomara que sim!!!

Eu gosto muito de fazer roupas. É uma das coisas que mais gosto de fazer. Desde muito cedo comecei a fazer minhas próprias roupas. Venho de uma família de costureiras, minha mãe e algumas tias da minha mãe criaram os filhos “costurando pra fora”, como se diz (ou dizia, não sei!!!), junte-se a isso o fato de que a grana sempre foi muito curta. Então, já que não podia comprar comecei a fazer minhas próprias roupas, muitas vezes reaproveitando roupas usadas  que ganhava de alguma parente ou amiga da família. Acho que nunca vivi numa casa que não tivesse uma máquina de costura.

Mas, antes de continuar esse papo, vejam algumas peças que fiz nos últimos tempos. Depois vou contar um segredo para vocês…

DSCF3408

Camisa que fiz pro ex-marido

DSCF1604

Uma das várias blusas desse modelo que fiz para a minha nora

DSCF2267

Camisa para um amigo da filha que virou meu amigo também

DSCF3047

Camisa de lá que fiz para um amigo de longa data. Ele é grande pra caramba!!!!

DSCF4292

Tanto a camisa ali de cima, como esta calça, fiz, como disse, para um amigo que, além de meu amigo, é um dos maiores músicos desse país… Maior orgulho!!!!

DSCF2576

Outra camisa que fiz pro ex-marido. É, eu me dou bem com o ex, sou das que acredita que quando se tem filhos o casamento pode terminar, mas a parceria é pra sempre.

DSCF3689

Essa? Fiz pra mim…

Sabem  como foi que conseguir fazer essas roupas?

DSCF5843

DSCF5845

Viram o estado do coitado do short?

Desmanchando roupas que ficaram velhas mas que eram muito queridas… Camisas, calças, camisetas com caimento bacana… que vestiam bem os donos 🙂

DSCF5848

Velhinho porém honesto útil

DSCF5850

Depois de desmanchar costura por costura… uso as partes para fazer um molde no papel…

DSCF5851

Dai  é repassar para o tecido escolhido para a nova roupa…

DSCF5853

Cortar e costurar tudo com carinho e muito cuidado… e…tcham-tcham-tcham!!!!!

DSCF5904

DSCF5905

DSCF5902

Serviram direitinho… meu amigo gostou.. e eu fiquei Feliz da vida

E temos roupas novas… com a nossa cara, do jeito que gostamos sem grandes gastos.

Foi assim que comecei a fazer minhas próprias roupas. Hoje, depois de fazer curso de corte e costura, sei fazer alguns moldes (mas isso é papo para outro post) mesmo assim, como vocês podem ver, continuo a usar esse método para fazer roupas para mim, para os amigos e os clientes-amigos. Muita gente tem roupa que adora e que morre de dó de não poder usar mais de tão velhinha que está … Gente que não está ligado nessa coisa de marca famosa, mas sim no conforto e prazer de ter uma roupa com a qual se sente bem e feliz. E tem ainda gente que nem eu que costuma ter várias peças do mesmo modelo, variando as estampas e alguns detalhes (mais um assunto para ou outro post).

Você já fez suas própria roupa?  Fez para alguém querido? Vai tentar?

Tomara que vocês tenham gostado da ideia.

Ah! Deixa eu contar uma coisa. Sabe aquele short azul ali de cima? O estampado com flores brancas que desmanchei e usei para fazer o moldes dos novos shorts do meu amigo? Pois é… vou ter dar um jeito de remontar o danado… de tão amado que ele é… vai continuar a ser usado nem que seja só pra dormir… dá pra acreditar? hehehehe

Que seja um BOM DIA PARA TODOS!!!

Abraços

Vó Neusa

Anúncios

Papo de Vó: Recordar é fazer 2

Olá!

Na segunda-feira passada escrevi aqui sobre minhas lembranças de criança sendo inciada no fazer artesanato. Mostrei a toalha de mesa que fiz tentando reencontrar técnicas que ficaram perdidas naquela infância distante. E não é que relembrar aqueles tempos rendou mais uma cria.

Dessa vez me aproveite desse tutorial que encontrei no Youtube

Ele ensina fazer o Ponto Ajour.  Ajour em francês significa claridade, deixar passar a luz. Como esse tipo de bordado cria desenhos com abertura no tecido acabou recebendo o nome de “bordado ajour”. Legal né!!!!!!

Existem muitas possibilidades de trabalhos com essa técnica.

via

Via

Me lembro de ter feito diferentes barrados em toalhinhas naqueles fins de tardes dedicados ao artesanato. Resolvi, mais uma vez, colocar a mão na massa e materializar minhas recordações.

DSCF5497

Um ponto bem simples, mas bem simpático

Nesse caso era preciso um tecido que fosse fácil de puxar o fio, em meio ao meu exagerado estoque de tecidos (clique aqui para ver alguns deles) encontrei um retalho de linho e fiquei imaginando o que poderia fazer com ele. 

DSCF5499

Ficou delicado

Já que o tecido é bem molinho, decidi que ficaria bacana numa sainha simples, com elástico na cintura e a barra em Ponto Ajour…

DSCF4960

Claro que gostei do resultado e a filha, que ganhou a saia de presente, também!!!!

Escrever esse blog está sendo muito legal. Estou com um monte de ideias na cabeça… e, ainda bem, aos poucos colocando muitas delas em prática. Oura coisa muito legal que está sendo consequência do blog é a descoberta na Internet de muitos tutoriais bacanas. Já escrevi sobre isso aqui no blog, mas não me canso de repetir: aquece o coração ver, nesse mundo do “cada um por si”, gente que se dispõe a compartilhar o que sabe com quem quer aprender. Alguns dirão: mas esse é só uma forma de divulgar o trabalho! Primeiro, muitos não estão divulgando nada além das técnicas. Além disso, mesmo que seja pra divulgar algo que se queira vender, continua sendo bacana que em vez de apenas falar de seus “produtos” a pessoa também estimule o “faça você mesmo”. Gratidão!!!!

Alguém de vocês já fez alguma coisa bacana seguindo tutorial na Internet? Conta pra gente o que foi e como foi!

Que seja UMA BOA SEMANA PARA TODOS!!!!

Abraços

Vó Neusa