Crias recém-paridas

Olá!

Tudo bem por ai? Tomara que sim!

Como eu disse outro dia, passei por uma fase de mais parir as crias artesanais que de falar ou escrever para o Blog. Fiz coisas que aqueceram o meu coração e que, espero, vocês também gostem e se inspirem.

Bordar e não apenas bordar, mas bordar palavras tem me encantado…

DSCF7872

Começo por esse Panô que é muito especial. Mais uma vez bordei esse mantra, a pedido da minha filha, para uma amiga nossa. Fiz com maior carinho e se tornou ainda mais importante pelo momento que essa amiga está passando. Irá para o novo lar carregado de boas energias e carinho. As palavras desse mantra estão relacionadas aos sentimentos de Compaixão – Humildade – Amor –  Gratidão. 

DSCF8086 DSCF8085

DSCF8317

O Poeta Sergio Vaz é uma constante fonte de inspiração. Me identifico com seus versos e admiro sua capacidade de espalhar poesia pela periferia de São Paulo. Acredito mesmo que bordar suas palavras me torna uma pessoa melhor. Quem não conhece o trabalho desse grande poeta pode começar a se aproximar dele a partir do seu blog ou Facebook. Que conhece a Cooperifa nunca mais verá a vida do mesmo jeito.

DSCF8305

 Conheci o trabalho do Bruno Torturra durante as manifestações de 2013. Ele tem posições firmes, discordo de muitas delas, mas gosto de acompanhar seu trabalho. Me provoca, me faz pensar sobre que mundo é esse em que estou vivendo. Resolvi bordar essa frase por total identificação. O Torturra está no Facebook, mas, cuidado, suas ideias não tem nada de senso comum, podem assustar porque nos convida a sairmos de nossas zonas de conforto.

DSCF8309

Guimarães Rosa é outro que não me canso de perseguir. Ainda não sei se compreendo tudo, mas é cada vez mais encantador para mim.

Mas a vida também precisa de um pouco de leveza né…

DSCF8324

A homenagem a cidade que escolhi para viver é uma constante que não me canso de repetir.

DSCF8333

Chico Buarque não precisa de explicações… é simplesmente encantador, sempre!!!! Para esse panô me inspirei num desenho que vi no Instagran.

Agora atenção, as duas próximas crias podem ser consideradas impróprias para menores…

DSCF8322

Às vezes é o que nos resta constatar…

DSCF8315

Nesse caso, romanticamente no melhor dos sentidos 🙂

Calma, calma… Também tenho meus momentos de meiguice .

DSCF8271

O colorido foi escolha minha, a frase, que é bastante conhecida nas Redes Sociais, foi um pedido de uma nova amiga.

Mas nem só de Panôs vive essa Vó né….

A frase sobre os quatro cantos da casa ganhou também uma versão “almofada”

DSCF8295

DSCF8293

E teve mais almofada fofa. Dessa vez para os apaixondados por gatos:

DSCF8297

DSCF8299

Esta com detalhes em marrom e estampa de gatos pra todo lado.

E, mais uma, como o mesmo bordado, em algodão cru e o tecido de gatinhos nos detalhes

DSCF8359

DSCF8361

Dá para entender que essa foto ai de cima é das “costas” da almofada?

E já que estamos falando com os amantes de gatos… fiz esse ai de baixo para minha filha dar de presente de aniversário para a filha de um casal de amigos dela e do marido.

DSCF8094

Gostaram? Tomara que sim!

Eu andei fazendo também coisas aqui pra casa… mas isso é assunto para um próximo post.

Desejo de coração que esse seja UM BOM DIA PRA TODO MUNDO DO MUNDO TODO.

Abraços

Neusa, a Vó.

Anúncios

Se é para errar, que ao menos, sejamos originais

Olá!

Tomara que tudo esteja bem por ai.

Tipo assim, nos últimos dias eu mais pari crias que escrevi ou falei… Parecia não tinha nada pra dizer que pudesse interessar a quem quer que fosse. Acho que todo mundo passa por fases assim, uns mais outros menos.

Mas, não falar e não escrever não significa não pensar né?!

Enquanto estou a parir minhas crias artesanais um monte de coisas vai passando pela cabeça… Lembranças e ideias que nem sempre estão diretamente conectadas umas com as outras. São pensamentos soltos… Mas, que no fundo, vão me indicando alguns novos caminhos possíveis.

Uma das lembranças que me veio à cabeça nesses dias de clausura foi a de que por muito tempo usei essa música  com alunos do ensino fundamental e médio. Sempre achei que era uma boa e descontraída forma de começarmos a estudar história.

Afinal, não é isso mesmo?… “Nada do que foi será / De novo do jeito que já foi um dia” e, ao mesmo tempo, se não tomarmos cuidado, estaremos sempre repetindo erros que podem nos fazer cada vez mais mal(ou seja, as consequências nunca serão iguais). Isso vale para tanto para nossas histórias pessoais como para as da coletividade .

Outro papel importante de nossas memórias históricas é o de nos ajudar a perceber, especialmente em momentos de crise, baixo astral e dúvidas, que, em geral, vivemos no presente situações melhores do que muitas vividas no passado. Vamos combinar que isso é quase uma regra, ainda que o no presente tenhamos que conviver com as perdas e o acúmulo de responsabilidades.

Por isso  importância de não abrirmos mão do nosso passado individual e/ou social. Guardar o passado em algum canto da memória, não para nos torturarmos, mas para podermos seguir em frente de cabeça erguida e com a vantagem de que os erros, que com certeza continuarão a ser cometidos, sejam novos erros e não cópias mal feitas dos já vividos. Se é para errar, que ao menos sejamos originais 🙂

Ah! Claro que vou mostrar as crias… Aguardem o próximo post. Mas, a título de provocação, aqui vai um aperitivo

DSCF8085

Desejo que esse seja UM BOM DIA PARA TODO MUNDO DO MUNDO TODO.

Abraços

Neusa, a Vó!

As crias da semana

Olá!

Prontos para mais uma semana de luta? Bora tentar ser mais feliz e ajudar a melhorar esse mundão doido?

Hoje, quero mostrar para vocês algumas crias que foram paridas na semana passada. Sou das que ama parir as crias de artesanato e costura e que, também, adora lamber essas crias…

Começo com uma cria pra lá de especial porque foi a primeira gerada a partir do blog. Uma leitora vai presentear um amigo que é budista.

DSCF6417

Eu mostrei aqui outra almofada que fiz com esse mantra budista. Me corrijam se eu estiver errada, mas entendo mantra como um som que tem um significado e tem como objetivo lembrar algo importante para quem o pratica. No caso do Nam-Myoho-Renge-Kyo, me indicaram essa explicação aqui.

Também fiz mais uma saia lindona para a namorada do irmão da minha filha, que não é minha nora porque ele não é meu filho (entenderam?). Os dois são muiiiiito queridos, moram no meu coração.

DSCF6458

Eu mostrei como fazer esse modelo de saia nesse post aqui. Essa foi mais uma que fiz e, repito, ficou linda!

Ainda no setor roupas bacanas, fiz uma reforma para uma amiga. Apesar de gostar muito de reaproveitar tudo, confesso que reforma de roupas não é muito a minha praia. Dá mais trabalho que fazer uma roupa nova e, em geral, as pessoas não dão valor. Não estou falando apenas de valor monetário não. Penso no reconhecimento do trabalho que dá fazer uma reforma.

DSCF6464

Minha amiga tinha uma saia longa, reta e de elástico na cintura que eu, infelizmente, esqueci de fotografar (com o tempo eu aprendo, prometo). Como saia ela já tinha dado o que tinha que dar, mas ainda não era o caso de abandonar essa estampa tão bacana… Coloquei em prática a ideia que foi da minha amiga. Transformei a saia numa linda jardineira. Utilizei viés de cetim preto para fazer as alças e o decote. Essa foi uma reforma fácil de fazer e que deu um ótimo resultado.

Mais um trabalho com um viés mistico. Será uma conspiração do universo na tentativa de me converter?  Dessa vez uma encomenda da minha filha.

DSCF6423 (2)

Já falei aqui sobre meu prazer em bordar palavras. Nesse caso, que não é exatamente campo onde costumo circular, tive que pedir ajuda à filha para entender um pouco as palavras que estava bordando. Ela me indicou o texto que pode ser encontrado aqui.

Continuando nos bordados, voltei à minha área de conforto. Este panô é o primeiro de uma série que pretendo fazer com versos de música do meu amado Chico Buarque de Holanda.

DSCF6532

Verso da primeira música que eu, ainda muito jovem, conheci do grande Chico.

Na verdade, semana passada, não sei explicar bem porque, fui invadida pelo Chico. Mostrei aqui Facebook do Oficininha uma caixinha com versos do Chico Buarque que fiz já faz um tempo. Resolvi repetir a experiência e deu nisso DSCF6540

DSCF6541

DSCF6543

DSCF6544

DSCF6546

E, finalmente, sabem a amiga da saia que virou jardineira ali em cima? Foi ela quem me indicou essa máxima do Marçal Aquino. Claro que tinha que virar panô. Mas estou pesando em fazer uma almofada também.

DSCF6461 (2)

O Marçal Aquino é, na minha opinião, um dos grandes cronistas brasileiros na atualidade. Não resisti a tentação de colocar aqui o link para uma entrevista dele no programa Provocações do Antonio Abujamra.

Este é o link para a primeira parte da entrevista, depois é só seguir assistindo.

O Marçal é um provocador, talvez por isso seus textos sejam tão bons.

Tenho ficado feliz com os frutos das minhas gestações. Tomara que vocês também estejam gostando das crias e do blog.

Que seja UMA BOA SEMANA PARA TODOS.

Abraços

Neusa, a Vó

Presentes artesanais, tudo de bom!!!!

Olá!

Já faz algum tempo que escolhi só presentear as pessoas que quero bem com minhas próprias crias.

Associo o tempo que dedico à escolha e confecção dos presentes que faço para meus familiares ou amigos a um longo e carinhoso abraço.  Em geral, enquanto crio os presentes, me vem à memória histórias relacionadas aos presenteados, não raras vezes me pego sorrindo, ao me lembrar de alguma situação que vivemos juntos, de alguma história envolvendo a pessoa.

Também vivencio a experiência de confeccionar algumas encomendas e percebo o mesmo carinho das pessoas. Gente que, apesar de ainda não terem desenvolvido habilidades para os trabalhos manuais, fazem questão que os presentes escolhidos representem afeto e consideração.

Vocês já se deram conta da dedicação contida na feitura ou na escolha de um presente artesanal? Normalmente são escolhas feitas com bastante antecedência e com um cuidado muito especial para agradar o presenteado. Torço muito para que cada vez mais as pessoas valorizem o mais simples, as coisas feitas com o coração. Pequenos mimos contém sempre uma enorme dose de afeto.

Vou mostrar a vocês algumas das minha  “Crias Presentes”. Tomara que sirvam de inspiração para vocês.

Torço para que este seja um fim de semana bom para TODOS!!!!

Abraços

Vó Neusa

ah! Antes das fotinhos um pedido… Por favor, se você gostar desse espaço, me ajude a divulgá-lo.  Siga o blog, a fanpage, os álbuns do Pinterest…Compartilhe sempre que puder.

pano vó geny

Panô: netinhos homenageando a “bisa”

Coisas do Rafa

Porta Trecos colorido

DSCF5459

Receber presente em sacolinha personalizada: carinho em dobro

DSCF5121

Travesseirinho em forma de núvem

DSCF5116

Porta Trecos amoroso

Sacolinha e Boneca da Clara

A pretinha foi numa sacolinha pesonalizada

DSCF1375

Porta Trecos, feito reaproveitando “perna” de calça jeans

DSCF1842

Edredom personalizado

DSCF1938

Edredom colorido e personalizado

jOGO DA vELHA kAIQUE

Jogo da velha feito com tecido

Caixa de Uva Heloisa

Uma simples caixa de uvas forrada, presente carinhoso

Anjinhos Jessíca

Varal de anjinhos

Palavras Bordadas

Olá!

As palavras?… Algumas podem nos entristecer, outras fortalecer… Existem as que emocionam e as que nos enraivecem… As que chegam na hora certa e as que nunca deviam ter sido ditas… Algumas consolam, outras destroem… há as que ensinam e as que enganam…

As palavras?… Escritas, declamadas, gritadas, cantadas, pichadas ou pintadas, nelas existe sempre uma força que me atrai.

As palavras? Me encantam! Deve ser por isso que gosto tanto de bordá-las.

DSCF5563

Um dos meus preferidos, estou de olho no Mujica muito antes dele virar “moda”

DSCF2588

Almofadas que falam

Paulo Freire 1

Paulo Freire, sempre atual

Liberdade é Pouco (3)

Clarice é Clarice, né?!?!!!!

O maior desejo da boca é o beijo

Sou fã do Zeca

Mlau Letizia

Uma amiga me pediu, uma homenagem à filha Malú

A alma não tem cor

Negro é lindo!!!!

883212_462804220460162_1131157564_o

Guimarães, não é preciso dizer mais nada.

547152_345413958865856_1239866500_n

Quero fazer muitos Guimarães

DSCF1822

Para a comadre Vera, moradora e cuidadora do bairro paulistano. Sabedora de tudo sobre a cidade de São Paulo, se eu fosse vocês visitava o blog dela: Passeio Paulistano

DSCF1666

A minha é meu refúgio

DSCF1077

Esse é um autor que preciso conhecer mais…

DSCF1076

Quintana é bom demais

DSCF1062

Paulo Freire, sempre merece mais

DSCF0976

Acredito piamente nisso

DSCF0969

A bela cidade onde vivo atualmente

DSCF0875

E é tão bom!!!!!

DSCF0141

Conheçam Sérgio Vaz, é muito bom!!!!
Visitem o blog dele: Colecionador de Pedras

DSCF0135

Cuide bem do seu

DSCF0129

Romântico são tolos e pirados!!!!

DSCF0122

Já disse: sou fã!

DSCF4968

Os passarinhos que eu desenhei e a frase que encontrei no Facebook…

A história de vida do Luiz é uma das que me fazer continuar acreditando na humanidade e suas potencialidades. Ele mantém um blog na Revista Trip, lá, que ainda não o conhece, pode começar a conhecer: Mundo Livre

Bom dia e obrigada pela companhia.

Abraços!!!

Vó Neusa

Por favor, se você gostar desse espaço, me ajude a divulga-lo. Siga o blog, a fanpage, os álbuns do Pinterest…Compartilhe sempre que puder.